rito

contorno brevidades assombros
mãos que se afagam se afogam
líquidas ruínas represadas

risível desembocadura
rio encapsulado sob o ardor
dos descumprimentos

sede atravancando pernas
dedos batentes olhos negros
desmaiados –

frágeis avencas.

Priscila Rôde

Anúncios

Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s