silêncio

por Priscila Rôde

o arcabouço indisposto
línguas que intuem
a fina dor sobre os ombros

fissuras se cumprem na pele
desdobro uma a uma
amorosamente:

é de pedra o pássaro
sal e sílica
dureza e assombro.

Priscila Rôde

Anúncios