§

por Priscila Rôde

amor,

da sensibilidade ganho
o sonho
a superfície da pele

quando amamos, tudo
esplendidamente
nos chega à alma
o abismo o alívio o belo

nada salvo.

priscila rôde

Anúncios