§

te encontrar
amor
devolver o absurdo à palavra sempre
corromper os pelos os cílios o toque

seguimos agora maculados sob as árvores
à sombra dos seixos dispersos
entre o ponteiro e o orvalho

abaixo
escadas pontes esquinas
acendem uma cidade sem nome

por sorte não temos saída
por sorte não quebramos

priscila rôde

Anúncios

Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s