§

por Priscila Rôde

Poema "As três palavras mais estranhas", da escritora polonesa Wislawa Symborska. Tradução: Regina Przybycien.

Poema “As três palavras mais estranhas”, da escritora polonesa Wislawa Symborska. Tradução: Regina Przybycien.

foi um caderno livro baú
com fitinha amarela
envolvendo roçando
as três palavras mais estranhas
futuro silêncio nada
cartão postal entre os dedos
para minha poeta – disse
meu bem
flutuante
amanhecendo
em preto e branco

na capa
uma ternura laranja
de lábios sulcados solenes
entreabertos

doura o poema.

Priscila Rôde

Anúncios