§

Jesús Cisneros
Jesús Cisneros

tento me desfazer à tarde
enquanto desarrumam
a sala a mesa o resto
do suco de ontem –
ressequido sobre a borda
de mármore

escapar à noite
enquanto dormem os ossos
os bichos os olhos do pai –
quadros limpos úmidos e claros
abraçam meus passos doentes

olhar pra frente
abrir uma mala que comporte
minhas árvores de dentro
alguns dias de setembro
meus lábios minhas nuvens
palavras de chumbo –

pedras e pássaros
encobrem o caminho.

Priscila Rôde

Anúncios

7 comentários em “§

  1. Como se fosse esculpido, talhado na própria pele – vivo poema.
    Floração de encantos – em silêncio, visto-me dos seus versos.
    “Pedras e pássaros encobrem o caminho”

    Tonho França

    Curtir

Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s