*

por Priscila Rôde

que me perdoe
esse átimo de saudade
que insiste em tudo
mais perto

minhas distâncias
são insolúveis

e sobrevivem em mim
fundas
cheias de importância.

Priscila Rôde, in: Para que fiques.

Anúncios