além-mundo

tua palavra
rio que me come
mais alto, mais forte
e descansa mudo
sem deslocar os olhos
corpos anos pedras
amor
ante o mundo
um abismo:
vamos girar em torno.

Priscila Rôde

Anúncios

Um comentário em “além-mundo

  1. A palavra que engole é um fim que expande o compasso do rio que nos identifica. Sentimentos são suscitados por um inerente descanso, uma correnteza onde pairamos vítimas e passageiras. Ante o mundo, a paz, funda, florida. Mergulhemos.

    Beijo no seu mar Pri” *-* Sempre encantando!

    Curtir

Obrigada!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s