~

Seu olhar é o próprio fim. A entrada que tanto espero e lamento, onde inclino meus braços, lavo as mãos, belisco as noites e atravesso todos os dias de março, abril, maio e suas pedras. Projeto o mundo. Abraço aragens – feito um móbile solto, suspenso no teto da sala. Seu olhar é o próprio fim, onde envelheço e morro diariamente. E recomeço úmida e indiferente ao rio que passa.

Priscila Rôde

Anúncios

About the Author

Posted by

Priscila Rôde nasceu em Salvador/BA em 02 de maio de 1991. Escreve no blog Mar íntimo (priscilarodec.wordpress.com). É Autora do livro “Para que fiques”, publicado pela Editora Penalux em 2012. Tem poemas publicados na revista Mallamargens, Samizdat, revista Capitolina Cutural, revista Cultural Novitas nº 11, LiteraturaBr, Jornal Relevo e algumas revistas digitais. Participou do E-book de frases "Apenas o necessário 2" (Editora Novitas) e da organização da antologia “Crônicas de um amor crônico”, publicada pela Editora Penalux/2015.

Categorias:

ich Liebe dich, Prosas

4 Comentários

O olhar é o sim, onde as imensidões se acolhem numa tentadora permissão. É o canto onde subleva as regredidas emoções pelas quais notoriamente desaguamos. Entramos feito pássaro empurrado pelo sabor de um sagaz vento, um sopro de doçura que magnetiza, que puxa, dos olhos, da retina de nossa conclusiva paixão. O amor adentra, porque o olhar é o fim. O sim que nos convida.

Beijo Pri! *-*

Curtir

Add a Response

Your name, email address, and comment are required. We will not publish your email.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The following HTML tags can be used in the comment field: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <pre> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

%d blogueiros gostam disto: